Vantagens

Vantagens

Menos gastos administrativos

Por ser uma renda incondicional, o custo logístico e administrativo é reduzido. Acaba-se com as necessidades acerca da comprovação de pobreza e toda a burocracia com fiscalização, cadastramento etc.

Acaba com a estigma de quem recebe

Os programas de assistência sociais geralmente se baseiam no nível de renda do beneficiário. No imaginário de um pai de familia, permanece a idéia de que só recebe uma ajuda do governo porque é pobre e incapaz de conquistar seu próprio sustento. Este sentimento de estigma, mesmo que real, é injusto tendo em vista uma conjuntura de mercado de trabalho restrito e grande carência de educação e profissionalização das camadas mais pobres. Uma renda concedida à todos, deixa de ser um benefício e passa a ser um direito do cidadão que independe de sua condição social ou capacidade para o trabalho.

Maior capilaridade nas distribuições

Uma renda incondicional à todos, logicamente abrangeria um espectro muito maior de pessoas atendidas em relação aos demais programas sociais. Por eliminar a burocracia e as restrições para o direito a renda complementar, a Renda Básica de Cidadania conseguiria levar os recursos a todos que necessitam, sem precisar "ser achado" pelo governo. Outra vantagem é que a renda ajudaria pessoas que geralmente não são alvo dos programas de assistência social, como jovens sem filhos desempregados, donas de casa que vivem dependente do dinheiro dos maridos, entre outros.

Maior responsabilidade no uso do benefício

"Ninguém sabe usar melhor o seu dinheiro do que você mesmo", a máxima do liberalismo diz sobre o Estado que muitas vezes gasta o dinheiro público de forma equivocada, generalizando as necessidades do cidadão e o perfil de que as recebe. Muitas vezes o dinheiro gasto pelo estado seria melhor gasto se o beneficiário tivesse a liberdade de usar-lo como julgar importante para si. Em vez de cesta básica, para alguns, poder pagar um curso específico é mais importante, para outros, comprar tecido para costurar roupas por encomenda vale mais a pena.

Não desestimula a procura por trabalho

Programas de renda condicionais geram a "armadilha da pobreza e do desemprego". Quem recebe do governo porque é pobre, pode ser desestimulado a procurar um emprego melhor, uma vez que ganhando mais, corre o risco de perder o benefício que lhe garante as necessidades básicas. O emprego formal é o mais afetado, podendo estimular outras formas de arrendamento, como a inserção no mercado informal e em atividades ilícitas.

Incentiva a busca pelo melhor emprego

A relação entre patrão e empregado, para tantos que dependem do trabalho para o sustento individual e de sua familia, se assemelha a uma relação escravocrata. Muitas vezes o trabalhador é levado a aceitar humilhantes condições de trabalho, pois depende daquele dinheiro para garantir sua integridade física e fugir da miséria total e da mendicância. Dar uma renda básica à todos, é a melhor forma de libertar o cidadão do emprego degradante e das condições desumanas de trabalho.

Sai mais Barato

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-Share Alike 2.5 License.